Rua Comendador Araújo, 323 - conj 113 - Batel, Curitiba - PR, 80420-000  -   041-3015-5212 

Avenida Gabriel De Lara, 750 -  João Gualberto, Paranaguá  - PR. 83230-550  -  041-34227419

QUEM SOMOS

O Dr. José Antonio Leprevost Neto fez residência médica nas especialidades de Ginecologia e Obstetrícia, e posteriormente complementou sua formação em Ultrassonografia em Ginecologia e Obstetrícia. A Dra. Ana Carolina Marcondes Machado Leprevost, também é especialista em Ginecologia e Obstetrícia, bem como em Mastologia, especialidade que aborda todas as doenças mamárias, do diagnóstico (exame clínico, exames de imagem e biópsias) ao tratamento (podendo este ser somente clínico ou cirúrgico), passando pela prevenção do câncer de mama. 


Buscando sempre aprimorar o atendimento aos pacientes, a Dra. Ana Carolina dedicou-se à especialização em cirurgia oncoplástica das mamas (reconstrução mamária e reabilitação funcional após o tratamento do câncer de mama) e o Dr. Leprevost buscou formação em sexualidade, além de estudos e cursos em implantes hormonais.


Entretanto, ano após ano chamava a atenção de ambos os profissionais a dificuldade na manutenção e recuperação da qualidade de vida de suas pacientes, isto é, a perda da SAÚDE, muito embora muitas não tivessem uma “DOENÇA”. Cada vez mais frequentes, as queixas de sensação de fadiga crônica, de cansaço, de ausência de libido, de sono entrecortado e não reparador, de ganho de peso, entre outras... chamaram a atenção dos profissionais. Dentro da medicina tradicional, não havia mais o que fazer, uma vez que, na grande maioria dos casos, os exames estavam “normais” (dentro das faixas de referência). 


Foi então que encontraram na medicina integrativa e na medicina da longevidade saudável as explicações para esses sintomas, passando a investigar as raízes metabólica e hormonal das patologias e, indo mais além, procurando se antecipar ao seu aparecimento.


Atualmente, oferecemos atendimento em longevidade saudável para ambos os sexos, ginecologia integrativa, sexologia, mastologia, cirurgia reconstrutiva e estética mamária. Nossa abordagem do paciente é integral e funcional, com objetivo não só na melhoria de suas queixas, mas na sua qualidade de vida, com foco na prevenção. Evitamos o uso de fármacos ou suplementos que não respeitem a fisiologia humana.

CORPO CLÍNICO

GALERIA / EVENTOS

Dra. Ana Carolina Machado Leprevost

Graduação em Medicina pela Universidade Estadual de Campinas (2002); 

Residência Médica em  em Ginecologia e Obstetrícia e em Mastologia no Centro de Atenção Integral à saúde da Mulher da Unicamp (2005 e 2007);

Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (2005);

Especialista em Mastologia pela Sociedade Brasileira de Masstologia (2007); 

Habilitação em Mamografia pela Sociedade Brasileira de Masstologia (2009);

Formação em Oncoplastia e Reconstrução Mamária pela Sociedade Brasileira de Mastologia e Hospital Araujo Jorge (Goiânia- 2017);

Pós graduação em Fitoterapia Clínica pelo Instituto de Pesquisas, Ensino e Gestão em Saúde (em andamento);

Link pra curriculum lates:

http://lattes.cnpq.br/2231644085112368

Dr. José Antônio Leprevost Neto

Graduação em Medicina pela Faculdade Evangélica do Paraná (1983);

Residência médica em  Ginecologia e Obstetrícia pelo Hospital Universitário Evangélico de Curitiba (1984-1985);

Especialista em Obstetrícia e Ginecologia pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia; 

Habilitação em Ultrassonografia em Ginecologia e Obstetrícia pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia; 

Especialista em Sexologia Clínica pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública e CESEX – Centro de Sexologia de Brasília (núcleo Salvador);

Habilitação em Ultrassonografia em Ginecologia e Obstetrícia pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia; 

Habilitação em implantes hormonais na Elmeco; 

Link pra curriculum lates:

http://lattes.cnpq.br/8088536942753857

Conheça o trabalho do mastologista na prevenção e tratamento do câncer de mama.

Todos por Elas: viver sem violência no Paraná

O atendimento às vítimas de violência sexual, sob o ponto de vista da Sexologia Forense, e a inclusão, em breve, da identificação automática do DNA no sêmen obtido nos exames das vítimas, foram alguns dos assuntos que apresentei durante o evento "Todos por Elas: viver sem violência no Paraná", realizado no Sesc da Esquina, em Curitiba, neste Dia Internacional da Mulher (8 de março). Todas as formas de violência vêm crescendo muito em nosso meio e é importante a vítima procurar uma unidade de saúde o mais breve possível para prevenir eventuais agravos. O evento foi organizado pela Secretaria Estadual de Saúde do Paraná (Sesa), Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba (SMS), pelos conselhos de Saúde Estadual e Municipal.

Todos por Elas: viver sem violência no Paraná

PARCERIAS

Em 2012, aos 36 anos, Fabiana Parro foi mais uma das mulheres de sua família a ser diagnosticada com câncer de mama, logo em seguida sua prima, Isabela Galvez, então com 38 anos, também foi diagnosticada com a doença. Fizeram o tratamento juntas, e ao longo de 2013 além do tratamento, fizeram também a pesquisa genética e ambas constataram que são mutadas geneticamente. A partir deste momento, decidiram agarrar com todas as forças a vontade de viver e lutar pela sobrevivência fazendo todas as cirurgias preventivas, por mais árduo que isso pudesse parecer.

E neste clima de vitória surge o Instituto Peito Aberto, com o objetivo maior de dar oportunidade de humanização ao tratamento, dar apoio as tantas mulheres e suas famílias e de mostrar a experiência de outras tantas mulheres que compartilham de vivências iguais as delas. Os trabalhos iniciaram em 2013, com palestras no mês de outubro e a formação do grupo ”de peito aberto”. Depois dessa data projetos começaram a ser criados e foram tomando forma. Em 06 de junho de 2014 foi realizada a primeira assembleia geral de fundação do Instituto Peito Aberto.

O Instituto Peito Aberto é formado por mulheres que lutam contra o câncer de mama e resolveram transformar dor em amor ao próximo. O objetivo do grupo é acolher mulheres em tratamento de câncer de mama e suas famílias, trocando experiências e mostrando que a vida continua durante e após o tratamento, e também divulgar o quão fundamental são os exames preventivos, e que a detecção precoce é a melhor maneira de preservar a vida.